Significado da Vida

Imprimir



O significado da vida é encarado de diversas maneiras, a maioria das pessoas tem uma visão totalmente materialista, limitando-se aos afazeres e às responsabilidades do dia a dia, aos lazeres do cotidiano, esquecendo-se de valorizar o  aspecto, espiritual que é o alicerce que estrutura a configuração psicológica do ser humano.

Quando o significado da vida é visto desta maneira é como se fosse uma iguaria sem tempero ou um refresco  sem adoçante, pois não demonstra o sabor agradável que deveria ter.

Já para as pessoas que acreditam em Deus, estudam e praticam os ensinamentos redentores, principalmente os de Jesus Cristo, o significado da vida passa ater um grande valor, descortinando-se com a  beleza da natureza e de toda a criação divina. Tudo passa a ser visto com elevação espiritual: o nascer do sol, o entardecer, o anoitecer, o nascimento de um bebê, as fases do crescimento de uma criança, o desabrochar da beleza das flores, o desenvolvimento da inteligência humana através do avanço da tecnologia, o amor que tudo constrói e que estreita amizades; a profundeza do mar e a amplitude do infinito. 

Cristófilo Nageo nos diz: “A vida é bela. Mas, essa beleza só se torna permanente quando o ente humano atende a finalidade principal de sua passagem pela terra”.

Para sabermos aproveitar a nossa passagem por este mundo terreno, precisamos cultivar caracteres dignos, que nos valorizem, como: o amor, a simplicidade, a humildade verdadeira, a saúde física e espiritual, a compreensão, o respeito mutuo,a tolerância, a alegria, a fé, a autenticidade, a lealdade, a paciência, a misericórdia,... Tudo isso deve ser aplicado em todos os ambientes em que convivemos, em especial na família, para que haja entendimento e muita paz em nosso lares.

Nosso mestre Cristófilo Nageo afirma: “Aproveitamos devidamente a grande oportunidade que Deus concede ao nossos espírito durante a nossa passagem pela terra”.

Aquele que considera o significado da vida,= nobre e positivo, consegue ter maior força espiritual, passando a considerar muito mais os desígnios a ponto de não se abalar tanto com os conhecimentos desagradáveis que surgem de vez em quando. Adquire-se muito mais fé em Deus todo-poderoso que sempre nos protege.




Extraído de:

Jornal Verologia

Edição XXX Nº 393 e 394
Artigo referente a Setembro e Outubro de 2005