A Sabedoria de Deus e a dos Homens

(Fábula)

  • Cristófilo Nageo

Diz o filósofo e cientista ao professor Parsifal:

– Não acha o senhor que há sobejos motivos para orgulhar-nos das descobertas e realizações construtivas efetuadas pela Ciência e pela Sabedoria Humana?

– Considero admirável o esforço do homem neste sentido. Mas, não vejo nisso motivos para orgulho.

– Por quê?

– Porque, a meu ver, a quintessência da Sabedoria provém de Deus.

– Então, o esforço do Homem para tão altas conquistas não vale nada?

– Tanto vale que deu como resultado os triunfos por ele obtidos, através dos tempos.

– Mas, então, eu não compreendo o que o senhor quer dizer.

– Estou convicto de que, ao fazer alguma descoberta científica ou filosófica, apresentando novas concepções benfazejas, a criatura captou uma Partícula da Infinita Sabedoria de seu Criador, através dos pensamentos que fundamentaram e impulsionaram tal descoberta.

– O senhor tira, desse modo, o mérito do descobridor.

– O mérito consiste no esforço sincero e abnegado mediante o qual o Homem se fez digno de receber pensamentos de alta hierarquia, oriundos da Poderosa Mente de Deus.

– Em que se baseia o senhor para pensar assim?

– Na incomensurável Obra Universal, que comprova, incessantemente, a extraordinária capacidade criadora da Sabedoria do Todo-poderoso! E como esta Suprema Sabedoria abrange e penetra todos os recantos do Universo, não pode – é lógico

– deixar de abranger e Penetrar a Mente e os Pensamentos dos Seres Humanos.

– Quer dizer que o senhor se baseia apenas em suas próprias observações e reflexões...

– Baseio-me, também, nas seguintes palavras exaradas no Velho Testamento: “Jeová é Quem dá a Sabedoria. Ele reserva a Verdadeira Sabedoria para retos.”

“Toda a Sabedoria vem do Senhor Deus. Com Ele esteve sempre e está.”

“A Fonte da Sabedoria é o Verbo de Deus nas alturas, e a entrada para chegar a essa Fonte está nos Mandamentos Eternos”.

– Quer dizer, então, que precisamos desenvolver-nos e aprimorar-nos, espiritualmente, cumprindo os Mandamentos Eternos, para merecermos que os Pensamentos de Alta Hierarquia, cuja origem está em Deus, penetrem em nossa Mente... Não é assim?

– Exatamente. Deus possui, por assim dizer, a Matriz de todos os Pensamentos Bons, Nobres, Positivos, Construtivos, e, portanto, ninguém pode envaidecer-se quando surgem em sua Mente pensamentos que lhe pareçam originais. A origem e a originalidade dos pensamentos que encaminham à descoberta ou criação das Obras de Bem pertencem, a meu ver, ao
Senhor do Universo.

– Nessa ordem de ideias, que aconteceria ao Ser Humano que se envaidecesse com empreendimentos dessa natureza?

– O Homem que se envaidece pela descoberta de algo extraordinário no campo material, filosófico ou espiritual, atribuindo a exclusivamente às suas aptidões pessoais, esquecendo-se ou alheando-se da Verdadeira Origem das Altas Inspirações, arrisca-se a perder a agudeza de espírito com que fora agraciado pela Suprema Fonte da Sabedoria!

“DEUS SUPER OMNIA”
(Deus acima de tudo).

“Não só de pão vive o homem, mas
de toda a palavra que sai da boca de
Deus” – Jesus Cristo.

Perfil Verológico

Um Edifício Psicológico

Ler mais...

Tome Posse do que é Seu

Ler mais...

Solução de Emergência

Ler mais...

Esperança no Amanhã

Ler mais...

Oportunidade Única

Ler mais...

Pare para Pensar

Criança, Futuro Brilhante.

Ler mais...

Como Enfrentar os Problemas

Ler mais...

Saber Viver Bem

Ler mais...

Bom Senso

Ler mais...

Dia Feliz

Ler mais...

Gotas de Sabedoria

O Essencial é Ser Feliz

Ler mais...

O Ciúme, a Suscetibilidade e a Sensibilidade

Ler mais...

Ser e Não Ser Não Pode Ser

Ler mais...

Seja o que Você Pode e Deve Ser

Ler mais...

A Luz do Mundo

Ler mais...

Raios de Luz

Mãe: Amor Incondicional

Ler mais...

Tristeza: Ferrugem da Alma

Ler mais...

Paz de Espírito

Ler mais...

A Essência do Natal

Ler mais...

A Paz é Possível

Ler mais...

Livros

Criado por Agência Núcleo