O Semeador

A época do natal é a mais propicia para semear os ensinamentos de Jesus Cristo, porque as pessoas estão mais receptivas, mais fraternas e mais harmoniosas. O natal é uma festa universal que pulveriza no cosmo, essência de amor e pingos de fraternidade.



Semeador é todo aquele que estuda, compreende e realiza os ensinamentos de Cristo para depois transmiti-los ao próximo, através de seus pensamentos, palavras, ações e, principalmente, seus exemplos de vida.

Somente quem ouve as palavras de Jesus com os ouvidos espirituais, consegue captar toda essência que elas contêm, afim de que possam produzir o efeito necessário no processo de transformação espiritual do ser humano. As palavras de Jesus Cristo não produzem o mesmo efeito para todas as criaturas, porque isso depende do estado psicológico de cada um, adquirindo pelos conhecimentos espirituais que levam a penetrar no verdadeiro sentido dessas palavras cristãs.

Quem realiza o processo de evolução ativa e consciente, através do método verológico, tem a capacidade de compreender e realizar as palavras deixadas pelo mestre Jesus Cristo. Isso proporciona ao verólogo uma transformação mental, moral e espiritual, adquirida através de um estado de equilíbrio psicológico que o torna não apenas um mero simpatizante, mas um Semeador das palavras de Jesus, porque já vivenciou o poder delas. É a vivencia do conteúdo dos ensinamentos redentores que faz brotar de nosso mundo interno as nossas prerrogativas espirituais mais profundas e transcendentes, em beneficio próprio e de nossos semelhantes.

Os ensinamentos de Jesus Cristo – imbuídos de força, luz e poder – não devem ser semeados á beira do caminho, onde não há pessoas para ouvi-los, por que possuem a mente e o coração empedernidos. Devem, porém, ser semeados em boa terra, onde há pessoas que estão prontas para ouvir, compreender e realizar os conhecimentos espirituais para que seus frutos sejam fartos.

A missão do cristão é ser um semeador dos ensinamentos de Cristo, através de exemplos simples, práticos, construtivos e edificantes para transmitir os próximos gestos de afeto, carinho, solidariedade, compreensão, tolerância, paciência, perdão, amor e altruísmo.

A semeadura é livre para todos, pois Deus nos agraciou com o livre arbítrio, mas a colheita é obrigatória, porque somos responsáveis por nossos pensamentos, palavras e atos. Colhemos na medida exata do que plantamos.

Vamos aproveitar as festas natalícias não só para comemorar o nascimento do mestre Jesus, mas, sobretudo, para nos tornar semeadores do verdadeiro amor que ele nos ensinou, através do grande mandamento: “Amai-vos uns aos outros; assim como eu vos amei, que também vos ameis uns aos outros. Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos, se tiverdes amor uns aos outros”.




Extraído de:

Jornal Verologia

Edição XXXIII Nº 419 e 420
Artigo referente a Novembro e Dezembro de 2007

 

 

Perfil Verológico

Um Edifício Psicológico

Ler mais...

Tome Posse do que é Seu

Ler mais...

Solução de Emergência

Ler mais...

Esperança no Amanhã

Ler mais...

Oportunidade Única

Ler mais...

Pare para Pensar

Criança, Futuro Brilhante.

Ler mais...

Como Enfrentar os Problemas

Ler mais...

Saber Viver Bem

Ler mais...

Bom Senso

Ler mais...

Dia Feliz

Ler mais...

Gotas de Sabedoria

Higiene Psicológica

Ler mais...

Conserva a Tua Alma

Ler mais...

Faculdade Imaginação

Ler mais...

Exaltar-se ou Humilhar-se

Ler mais...

A Luz do Mundo

Ler mais...

Raios de Luz

Mãe: Amor Incondicional

Ler mais...

Tristeza: Ferrugem da Alma

Ler mais...

Paz de Espírito

Ler mais...

A Essência do Natal

Ler mais...

A Paz é Possível

Ler mais...

Livros

Criado por Agência Núcleo