Verologicamente, a Criatura Humana que busca, realmente, a solução de seus problemas, ou seja, libertar- se de suas angústias, fraquezas e sofrimentos morais e físicos, jamais se deixa levar por qualquer corrente de ideias antes de verificar, através da atenção, observação, estudo, pesquisa, análise, interpretação, reflexão e de outras Manifestações Espirituais, se aquilo é bom e se irá trazer benefícios ou levar ao Fanatismo.


Existem várias formas de Amar o Outro, sejam pais, irmãos, tios, avós, parentes, amigos, vizinhos e até mesmo desconhecidos e a principal é pelo Espírito, mas nada se compara ao Amor da Mãe pelo seu filho. Ela consegue canalizar o melhor de seu Interior, sua Espiritualidade e transmitir ao filho, pois é capaz de ninar, acalentar, ensinar, brincar, corrigir, elogiar, compreender, tolerar, aceitar, perdoar e, acima de tudo, Amar, seja um ou mais filhos. Por isso, esse AMOR pelo Outro é o maior de todos.


Quem já não tem mais má intenção para com o próximo, não fica produzindo nem atraindo e aceitando pensamentos inferiores, não quer prejudicar ninguém e para isso já desenvolveu, em algum grau, a Misericórdia, a Consciência, o Respeito e o Amor. Aquele que nutre Pensamentos Superiores atrai menos situações e pensamentos ruins e tem mais saúde e paz, porque possui a Luz do Corpo.


A precipitação na resolução de qualquer acontecimento possui mais um agravante: é que obscurece a inteligência, o discernimento, etc. Ainda mais, com seu retardamento, pode se juntar a outros problemas, criando “uma bola de neve”, confundindo e exasperando a pessoa. Temos que pagar um Preço justo por cada Acontecimento, sem os onerarmos exorbitantemente.


A Intuição, manifestação da Ultraconsciência, sempre suscitou em mim uma atenção especial, a fim de compreender como eu poderia entendê-la completamente. Ora, se é uma manifestação que transcende os nossos cinco sentidos, como eu poderia decifrála apenas com o funcionamento de meu cérebro, que hoje sei, é rude por si só para navegar nas esferas dos fenômenos espirituais.


Nossas debilidades nos põem à prova, porque, para superá-las, temos que fazer um trabalho perseverante e consciente, prosseguindo, assim, nosso Caminho Evolutivo. Mas, o primeiro passo é termos Humildade Verdadeira para o reconhecimento dessas debilidades e, então, as substituirmos pelas Virtudes correspondentes, que vão eliminá-las.


A grande mudança que acontece quando saímos da Evolução Passiva e Inconsciente para a Evolução Ativa e Consciente é a convicção de que Aproveitar a Vida não é simplesmente comer, dormir, trabalhar e se divertir e sim a certeza de que estamos nesse Mundo com o objetivo de evoluir o nosso Espírito.

Pág. 1 de 2

Perfil Verológico

Um Edifício Psicológico

Ler mais...

Tome Posse do que é Seu

Ler mais...

Solução de Emergência

Ler mais...

Esperança no Amanhã

Ler mais...

Oportunidade Única

Ler mais...

Pare para Pensar

Criança, Futuro Brilhante.

Ler mais...

Como Enfrentar os Problemas

Ler mais...

Saber Viver Bem

Ler mais...

Bom Senso

Ler mais...

Dia Feliz

Ler mais...

Gotas de Sabedoria

Perdão, a Mais Profunda Lição de Jesus!

Ler mais...

Faculdade Imaginação

Ler mais...

Livre Arbítrio

Ler mais...

Fome e Sede Espiritual

Ler mais...

Benefícios e Malefícios da Imaginação

Ler mais...

Raios de Luz

Mãe: Amor Incondicional

Ler mais...

Tristeza: Ferrugem da Alma

Ler mais...

Paz de Espírito

Ler mais...

A Essência do Natal

Ler mais...

A Paz é Possível

Ler mais...

Livros

Criado por Agência Núcleo